Mochilão é um estilo de viagem para aqueles que querem gastar pouco, conhecer muitos lugares e ver pessoas do mundo inteiro. Todo viajante apaixonado sabe o significado de um “mochilão”. Afinal, esse estilo de viagem conquista principalmente aqueles que não se importam em se hospedar em hostels, dormir em quartos compartilhados, acampar, pedir carona, comer o prato mais barato e por aí vai. Claro que gastar menos ou mais é relativo, isso vai do perfil e orçamento de cada mochileiro. Portanto, se você tem um espírito mochileiro e quer se aventurar, vamos te dar 4 dicas para fazer um mochilão ainda em 2019! Tire a mochila do armário e viva essa experiência!

1.      Quanto custa um mochilão?

Para muitos o mochilão é um tipo de viagem para quem não tem muita grana, mas isso é relativo e você pode fazer um mochilão com pouco orçamento ou com dinheiro de sobra. Ou seja, cada viajante é livre para fazer uma viagem mais econômica ou curtir os destinos com mais folga no orçamento se assim for o caso. A dica é: pesquise passagens aéreas, hostels (com quarto compartilhado ou não), seguro viagem, trace a sua rota e seja feliz. O importante é que tudo esteja dentro do seu orçamento e da sua realidade financeira. Lembre-se: uma viagem pode custar muito pouco, depende do que você está disposto a fazer ou não.

2.      Onde se hospedar?

Quem faz um mochilão normalmente se hospeda em hostels ou albergues, que são lugares com preços mais baixos, pois é possível compartilhar quarto com outros viajantes. Além disso, os hostels são os lugares preferidos para os mochileiros se hospedarem porque tem uma atmosfera jovem, meio que estudantil, com pessoas de todas as partes do mundo e de todas as idades, ou seja, um lugar para conhecer gente nova, trocar experiências culturais, bater papo e fazer amigos para a vida inteira. Pesquise e compare os lugares que fazem mais o seu estilo e que estão de acordo com seu orçamento.

3.      Faça um mochilão pelo menos uma vez na vida!

A verdade é que depois de fazer um mochilão você nunca mais será o mesmo. Afinal, mochilar é viajar com liberdade, se desligar do estresse diário, muitas vezes se desligar também da importância que damos a bens materiais, conhecer novos lugares, novas paisagens e pessoas de diferentes países. No mínimo um mochilão será uma experiência incrivelmente inesquecível.

4.      Viaje para onde você sempre quis!

Viaje para qualquer lugar do mundo! Pesquise sobre os lugares que deseja conhecer, crie um roteiro com a sua cara e vá. Há muitos lugares para se explorar e descobrir. Aqui na América do Sul há muitos destinos para aqueles que querem começar por perto. Chile, Argentina, Bolívia, Uruguai, Peru, são alguns dos destinos preferidos de nós brasileiros, mas tem quem prefira também “mochilar” pelo velho continente e explorar países como: França, Itália, Portugal e mais uma infinidade de países cheios de história e grandes paisagens.

Não importa se você vai sozinho ou acompanhado, se vai com a mochila nas costas ou se vai escolher a mala de rodinhas, se a viagem é pelo Brasil ou para o exterior, “mochilar” é um estilo de vida e você só precisa se permitir viver essa experiência. Então prepare a mochila e o espírito viajante, reserve os hostels, passagens e o seu seguro viagem e permita-se!