Blog Multi Seguro Viagem
seguro saúde viagem

Seguro Saúde Viagem é mesmo importante?

Seguro Saúde Viagem, preciso mesmo contratar?

Seguro Saúde Viagem pode fazer total diferença em sua próxima viagem!

Planejar uma boa viagem vai além de fazer reservas de passagem aérea e hospedagem.

Também requer uma dose de pesquisa e dedicação sobre os itens necessários.

São tantos detalhes que talvez você se pergunte: o Seguro Saúde Viagem é mesmo importante?!

Bom, apesar de passar despercebido para algumas pessoas, vale lembrar que a falta do seguro pode impactar diretamente seus planos, principalmente se acontecer um imprevisto no exterior.

Já pensou sentir dor de dente em outro país?

E ter a bagagem extraviada?

Seja para atrasos em voos ou cancelamentos por parte do segurado, para perda ou roubo de bagagens, enfermidades, entre outros problemas que podem ocorrer, a contratação de um Seguro Saúde Viagem é indispensável.

Viajantes mais experientes e precavidos tem aderido aos planos oferecidos pelas operadoras de seguro ou assistência de viagem.

Sempre existe um seguro saúde viagem personalizado para cada roteiro.

O que o Seguro Saúde Viagem cobre exatamente?

O Seguro Viagem é a modalidade que possibilita assistência completa aos viajantes durante a sua permanência no destino escolhido.

Há diversos tipos de seguros disponíveis no mercado.

Já as coberturas, vão desde à proteção para riscos de morte acidental do segurado, invalidez total ou parcial, assim como, coberturas para despesas médicas, hospitalares, odontológicas, diárias, perda ou roubo de bagagem, danos de malas, entre outros acontecimentos inesperados.

Os planos podem ser escolhidos de acordo com o tipo de viagem (familiar, negócios, lazer) e valor de cobertura.

Preocupado com o custo que o seguro viagem pode gerar?

Fique tranquilo, pois o investimento não chega em média, a 3% do valor total da viagem.

É um gasto ínfimo perto da tranquilidade que o viajante encontrará, caso surja algum imprevisto.

Para certos destinos internacionais, as regras são um pouco diferentes.

Após a assinatura do tratado de Schengen, alguns países da Europa passaram a exigir a contratação de um seguro que cubra assistência medica e hospitalar, de até no máximo 30 mil euros.

O requisito é obrigatório, sendo requisitado a apresentação do comprovante na hora do desembarque.

Nos casos de viagens nacionais, a maioria dos planos de saúde atendem em todo território nacional, no entanto, o maior contratempo está no extravio de bagagens.

E este problema pode ser facilmente resolvido a partir da contratação de um plano que oferece cobertura neste quesito.

Na hora de contratar seu seguro, você tem três opções: Seguro Viagem, Assistência Viagem e Seguro Saúde, de acordo com o seu perfil de viagem.

Abaixo, vamos te explicar detalhadamente cada modalidade.

Por que eu preciso de um Seguro Viagem?

Saiba que um atendimento médico no exterior pode lhe custar milhares de dólares.

Além disso, como já foi falado, o seguro é essencial para você se precaver em casos de extravio de bagagens, perda de documentos, atrasos e cancelamentos de voos.

Os seguros mais completos ainda oferecem assistência jurídica, medicamentos, assistência odontológica, repatriação, extensão de internação hospitalar e diárias em hotéis.

Em alguns casos específicos, até mesmo passagem aérea para familiares o seguro cobre.

Para destinos mais distantes, onde a cultura é ainda mais diferente do que a nossa, vale a pena coberturas mais caprichadas, por exemplo para destinos Asiáticos.

Se você está pensando em ir para Ásia por exemplo, confira este artigo com 6 dicas antes de preparar um Roteiro Ásia.

Seguro Viagem ou Assistência Viagem. Entenda a diferença!

Você sabe qual formato é mais adequado a sua necessidade?

Apesar de serem parte do mesmo pacote de produtos, muitas vezes pode ser confuso, ainda mais quando o assunto é a diferença entre as duas modalidades.

Hoje, as empresas costumam comercializar um produto misto, ou seja, que pode funcionar como seguro ou assistência, de acordo com a necessidade da ocorrência.

Mas é preciso estar atento, caso você não tenha contratado dessa forma e o seu destino está localizado em um uma área mais remota.

Seguro Viagem

Ao utilizar o Seguro Viagem, caso aconteça algum imprevisto, você deverá arcar com todas as despesas no momento do ocorrido, e posteriormente, realizar o pedido de reembolso.

Lembrando que este só acontece quando você chega ao Brasil, em moeda nacional e no prazo máximo de até 30 dias.

Por isso, é importante ler cuidadosamente todas as regras que envolvem a contratação do seguro viagem, já que caso haja alguma suspeita de fraude ou a utilização de qualquer meio ilícito na hora de declarar sobre o risco do segurado, a indenização pode ser suspensa.

Outro ponto importante que precisa ser analisado é o tipo e o valor da cobertura que contempla o seguro contratado, para que o valor gasto não seja maior do que a apólice, é preciso pensar em todos os detalhes.

Assistência Viagem

A assistência viagem, se diferencia justamente, na hora de acioná-la.

Em casos de contratempos, só é preciso estar com apólice em mãos, que terá o passo a passo, além de número de telefone, para que você possa contatar no país onde você se encontra. Assim, você será para a rede credenciada, e não terá que pagar por isso.

E, não se preocupe, a maioria das empresas disponibilizam de atendimento 24 horas e assistência em português.
A mesma regra vale para a análise da apólice, já que é preciso verificar os postos de atendimentos mais próximos ao seu local de estadia.

Seguro Saúde

Se você tem uma doença crônica, o cuidado na hora da contratação do seguro deve ser redobrado, já que a escolha do plano deve ser analisada, quando se refere a cobertura de doença preexistente.
Em países que, os tratamentos médicos podem ser mais caros, como os Estados Unidos, por exemplo, é melhor optar por planos mais completos, o que significa, um maior investimento.

Em caso de dúvidas, vale pesquisar os custos de alguns procedimentos médicos, intervenção cirúrgica ou até mesmo o valor de uma diária em um hotel, no país de destino.

O seguro viagem gestante é indispensável para as grávidas de plantão.

A contratação dos serviços garante o atendimento nos casos de: exames e ultrassonografias de emergência, cobertura para abortos espontâneos ou acidentais, partos de emergência e na ocorrência de partos prematuros.

Mas atenção, as seguradoras estabelecem um prazo limite que geralmente vai até o sexto mês, principalmente para viagens internacionais.

Outro detalhe importante, está na prática de esportes radicais ou esportes na neve.

Alguns seguros e assistências não cobrem acidentes esportivos, em suas categorias básicas, mas é possível incluir essa cobertura adicional, por um custo extra.

Países que exigem a contratação do Seguro Viagem

Se você ainda não tem certeza se, o seu destino exige a contratação do seguro com valor mínimo, então confira alguns países em que o requisito é obrigatório.
Além dos 27 países que fazem parte do Tratado de Schengen (Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Holanda, Hungria, Islândia, Itália, Letônia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Noruega, Polônia, Portugal, República Tcheca, Suécia e Suíça.), outros estão na lista que exigem a apresentação do certificado na hora do desembarque, os países árabes – Emirados Árabes Unidos, Qatar e Turquia – e, em Cuba.

Portanto, antes de embarcar, considere no seu checklist a contratação de um seguro.

Consulte um corretor especializado em Seguro Saúde Viagem para evitar imprevistos e Boa Viagem!

Confira também os planos para cada tipo de destinos de Seguro Viagem